Skip to content

Lucas Aguiar comenta sobre a falta de regulamentação de casas de apostas online no jornal Estadão

Em entrevista concedida ao jornal Estadão, nosso advogado Lucas Aguiar comentou sobre a falta de regulamentação de casas de apostas online que movimentam bilhões no Brasil.

Segundo a matéria, apesar da operação dessas empresas não ser ilegal, deveriam ter sido regulamentadas pelo Ministéria da Fazenda até o final de 2022. Como isso não aconteceu, elas operam em uma espécie de limbo regulatório e crescem as suspeitas de manipulação de resultados e de lavagem de dinheiro.

“Se houver um volume grande de apostas incomuns, não há uma regulamentação (para isso ser fiscalizado). Essas apostas podem indicar lavagem de dinheiro ou tentativas de manipulação de resultados. Não sabemos qual é a obrigação de reportar atividades incomuns em casas de apostas. Sem isso, não há punição. Isso coloca todo o setor em risco. A falta de regulamentação deixa as empresas à deriva, sem saber direitos e deveres”, afirma Lucas.

Leia a matéria: https://www.estadao.com.br/economia/negocios/apostas-esportivas-governo-regulamentacao-tributacao/

Esse site não utiliza cookies.