Skip to content

Davi Tangerino volta a falar sobre a Operação Tempus Veritatis da Polícia Federal

Em entrevista para o Estadão, nosso sócio Davi Tangerino volta a falar sobre a Operação Tempus Veritatis da Polícia Federal.

Segundo a reportagem, que conversou também com outros especialistas, o Ministério Público Federal precisaria consolidar um conjunto de provas mais robusto contra Bolsonaro para não enfraquecer a ação penal, como em operações anteriores envolvendo políticos.

Davi entende que uma denúncia deve ser bem embasada por se tratar de envolvimento de ex-presidente da República. “A prova possivelmente precisa ser robustecida. Ainda é, para fim de condenação, indiciária. Das duas, uma: o Ministério Público Federal (MPF) pode esperar um pouco diante dos desdobramentos já em curso, mas é possível que diante das buscas e apreensões surjam outros elementos”, avalia ele.

Leia na íntegra: https://lnkd.in/deT52iGq

Esse site não utiliza cookies.